REGULAGEM DA PLANTADEIRA: TUDO PARA O PLANTIO DE SOJA - Agricultura do Futuro

Agora ainda mais próximos do plantio de soja, precisamos cuidar de uma das principais, senão a principal. Há muitos que a chamam de semeadora (uma vez que irá distribuir sementes), mas por força do hábito aqui iremos tratá-la mesmo de plantadeira.

O plantio é sem dúvidas um momento que necessita de extremo cuidado do produtor e de toda a equipe, uma vez que além do custo da semente ser alto, seu resultado irá refletir diretamente na colheita. No Mato Grosso, por exemplo, na safra 19/20 o custo da semente corresponde a quase 6% do custo total da produção de soja, conforme dados do IMEA.

Uma máquina desregulada pode resultar desde o atraso da semeadura até mesmo num dossel desuniforme. Em recente pesquisa, o Emater (Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural) apontou que cerca de 40% dos agricultores em soja, erram na regulagem das plantadeiras.

A regulagem do adequada do maquinário permite desde a economia de insumos, resultando no melhor rendimento do cultivo. Portanto meus amigos não há margem para perdas na semeadura e esse então será o nosso foco de hoje.

CÁLCULO DA QUANTIDADE DE SEMENTES

De posse do tamanho da área disponível, seguimos a aplicação prática das fórmulas:

Assim, se desejamos um estande de 300 mil plantas por hectare, num espaçamento de 0,45m, com sementes de taxa de germinação de 98% e estimamos uma taxa de sobrevivência de 95%, teremos:

(1) sementes/ha: 300000. / (0,98*0,95) = 322.234,2 sementes por ha

(2) metros de sulco/ha: 10000 / 0,45= 22.222,22 metros lineares

(3) sementes/m = 322.234,2 / 22.222,22= 14,5 ou 15 sementes por m

Para regulagem basta movimentar a plantadeira numa distância e anotar o percurso. Em seguida, divida as sementes que caíram pela distancia anotada. Mas não se esqueça de percorrer alguns metros antes de começar a contar as sementes para garantir que os discos dosadores estejam completamente cheios de sementes.

CÁLCULO PARA QUANTIDADE DE ADUBO

Para o adubo, recomenda-se calcular a dose conforme a equação a seguir:

Dose ( kg/ha ) = Quantidade recomendada de adubo (kg)

Metros de sulco /ha

Supondo-se uma recomendação de 400 kg/ha de adubo :

(4) Dose: 400 / 22.222,22= 0,018kg ou 18g de adubo por metro linear de sulco.

É importante conferir a dose depois que a rosca sem fim adquirir uma crosta de adubo, o que pode passar a interferir na dose. Sugere andar 10 metros com a plantadora, coletando o adubo após 5 metros caminhados.

Assim, para o mesmo exemplo teríamos:

18g x 5 = 90g coletados

ESCOLHA DOS DISCOS

Separe um pequeno volume de sementes que represente o todo; em seguida faça as comparações da semente nos discos e anéis. O disco deve ser utilizado conforme o tamanho da semente, esta deve passar livremente pelo furo e somente uma por furo. Selecionam-se então, duas sementes menores e verifica-se se as duas sementes cabem no mesmo furo (checagem de prováveis duplas). Da mesma forma, selecionam-se as maiores sementes e verifica-se se estas passam com alguma folga pelos furos (checagem das prováveis falhas).

Dessa maneira podemos nos deparar com as seguintes situações mais prováveis:

Escolhido o disco de sementes, deve ser colocado conforme indicado acima, ou seja, na parte inferior da caixa de sementes coloca-se o disco e um anel que deve ser travado, deixando o orifício de saída das sementes livre.

REGULAGEM DAS ENGRENAGENS

A combinação de engrenagens é a responsável pela distribuição do número de sementes na linha de plantio.

No manual de instruções da plantadeira, você pode encontrar uma boa noção dessas combinações. Basta seguir as tabelas a partir do número de sementes por metro linear (figura a seguir).

Na caixa de câmbio deve-se escolher a relação de engrenagem que mais se aproxima do número de sementes desejado por metro linear (FIGURA 6).

Deve-se realizar a regulagem das engrenagens também para a distribuição do adubo. O princípio é o mesmo, quanto maior a rotação do eixo, maior a taxa de adubo ou de sementes.

Cuidados com as engrenagens: verificar se não estão quebradas, ou com algum dente quebrado. Em caso positivo devem ser substituídas. As mesmas devem estar sempre limpas e lubrificadas.

PROFUNDIDADE DA SEMEADURA

Para soja além da uniforme distribuição, a profundidade deve ser respeitada, sendo indicada de 3 a 5 cm.

O controle de profundidade das sementes é feito individualmente através das rodas de profundidade. Quanto mais baixa estiverem às rodas, menor será a profundidade das sementes plano horizontal.

Com a Agrointeli, você consegue registrar a profundidade da semeadura e ter um histórico de tudo o que aconteceu durante as safras.

Clique Aqui para Saber Mais.

Em geral a profundidade do adubo é controlada pela regulagem do sulcador por meio de dois parafusos e mola. A profundidade da semente é controlada pela pressão da mola da vareta apropriada e a altura das rodas controladoras é regulada pelo pino apropriado.

Para rápida checagem da pressão basta verificar “curso” da mola e observar se todas estão iguais. Percebendo-se alguma alteração a mola deve ser substituída.

Os ajustes dos carrinhos são manuais e é importante checar se todas as linhas estão com os mesmos ajustes e profundidades.

DISCOS DE CORTES E BOTINHAS

Para verificar o desempenho do sistema de corte de palha é preciso observar o corte de palha e manutenção da cobertura do solo.

A avaliação destas características se torna importante para que os produtores tenham segurança que o equipamento está realizando a atividade de corte de palha de forma precisa e adequada.

Também é importante observar a quantidade de sementes expostas, a profundidade de semeadura e a distância entre as sementes. No caso de encontrar problemas com estas variáveis se faz necessária uma regulagem no implemento para evitar problemas na formação do estande de plantas e emergência.

Discos de corte, discos duplos e limpadores internos e externos dos discos quando muito desgastados, devem ser trocados.

A velocidade de deslocamento da plantadeira é fator importante para o sucesso da semeadura. Recomenda-se entre 4 e 6 km/h.

OUTROS CUIDADOS

  • limpeza geral da máquina;

  • Registrar em uma plataforma digital todos os detalhes da semeadura. Clique aqui para conhecer.

  • inspecionar toda a máquina, para verificar a presença de peças desgastadas ou quebradas;

  • .montar todas as peças que foram retiradas da máquina, quando terminado o último plantio;

  • dar atenção especial aos componentes responsáveis pela distribuição de fertilizantes, devido à oxidação dos componentes;

  • verificar o estado geral dos mangotes de borracha e dos tubos condutores de sementes e adubo. Os mangotes de borracha, normalmente, de um ano para outro, podem apresentar-se ressecados;

  • certifique-se de que os pneus estejam calibrados de acordo com a recomendação do fabricante;

  • observar o funcionamento das catracas, se as mesmas estão ligando e desligando a transmissão;

  • verificar pinos e contrapinos;

  • lubrificar toda a máquina. É importante limpar a graxeira com um pano, antes de realizar a lubrificação. As graxeiras com defeitos devem ser substituídas;

AGRICULTURA DE PRECISÃO NAS PLANTADEIRAS

Surge a cada dia no mercado uma gama tecnologias que desde o monitoramento a equipamentos mais sofisticados que possibilitam plantio com uma taxa variada de sementes, controle automático da densidade variedade sementes (para alterar a população de plantas) e controle individual de linhas da plantadeira.

Há ainda sensores que auxiliam e avisam em tempo real a ocorrência de algum problema em alguma linha de semeadura, como entupimento ou falhas.

Certa de que as informações acima foram úteis, aproveito para lembra-lhe que o planejamento e o acompanhamento dos custos durante todo o processo produtivo é de igual importância. Sabendo disso, não vá embora ainda, conheça a gama de possibilidades e produtos que Agrointeli traz para você.

Até breve!!!

Renato Borges

Filho e neto de produtor rural e sempre com a cabeça em tecnologia. Engenheiro de formação, criou a Agrointeli com intuito de democratizar a tecnologia no campo para pequeno e médio produtor rural.
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.

Siga nos